web2.0? – parte 1

Os avanços tecnológicos nos têm confrontado com várias palavras e expressões novas, alguma ainda sem tradução do seu idioma de origem. Web2.0 é uma delas, bastante conhecida por alguns internautas, totalmente desconhecida ou mal compreendida por outros.

A expressão apareceu provavelmente pela primeira vez em 1999, em um artigo de Darcy DiNucci na revista Print, especializada em design e tecnologia. Neste artigo, ela chama atenção para a mudança que a internet estava sofrendo com o aumento da velocidade das conexões e com a multiplicação de dispositivos móveis (celulares e computadores portáteis). Ao fazer uso do termo web1.0 para designar a realidade tecnológica com que os desenvolvedores da época estavam acostumados a trabalhar e web2.0 para a nova dinâmica com que se confrontavam, ela ressalvou que essa diferença não correspondia de fato a uma nova versão da internet, mas já havia sido prevista há muito tempo.

O termo se popularizou a partir de 2004, nas palavras de Tim O`Reilly, que, em uma conferência sobre o panorama comercial da internet na época, analisava os motivos pelos quais alguns sites  haviam sobrevivido à crise subsequente aos primeiros anos da internet, quando muitos serviços e negócios passaram a ter uma versão “virtual” online. Mais tarde, em 2005, ele publicou um artigo em que buscou esclarecer a diferença no funcionamento da rede nessas duas fases, apresentando a ideia da internet como plataforma de colaboração. Assim, web2.0 passou a se referir a todos os sites que exploravam a natureza da internet de forma inteligente, se diferenciando daqueles que eram apenas páginas estáticas contendo informações. Apesar de seu enfoque comercial, o artigo de O´Reilly permanece importante por ter identificado algumas características específicas da web2.0, como participação e colaboração do usuário, fortalecimento dos coletivos (power of the crowds) e enriquecimento das experiências do internauta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>